26/10 20:14

Mais de 3 mil pessoas lotaram os corredores da Cidade da Ciência na abertura da Semana de Ciência e Tecnologia

IMG-20171026-WA0001

Com o tema “A matemática está em tudo”, a Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão foi aberta oficialmente na noite desta quarta-feira (25), em Timon. Mais de 3 mil pessoas lotaram os corredores da Cidade da Ciência, montada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), na Avenida Teresina.

São 68 estandes de instituições públicas e de ensino, além das mais de 550 atividades, entre mostras científicas, apresentações de pôsteres e diversos trabalhos científicos incluídos na programação.

“Nossa intenção é que a Semana de Ciência e Tecnologia seja de fato estadual, não seja um evento apenas de uma cidade ou região. Timon, no Leste do Maranhão, recebe o evento mais importante na área da Ciência e Tecnologia, um evento que tem dimensão nacional para que haja a dinamização das atividades de ensino e pesquisa, não só na cidade ou na região, mas em todo o estado”, disse o governador Flávio Dino, que participou da abertura do evento.

Esta é a segunda edição descentralizada da Semana, que no ano passada foi realizada na cidade de Imperatriz.

Entusiasmo

Foto Nael Reis

“Eu acompanhei os resultados oriundos da Semana de Ciência e Tecnologia de Imperatriz e posso afirmar que é uma experiência vitoriosa porque o que fica depois é muito entusiasmo, muita animação em estudantes e nos professores. Então isso dinamiza a produção acadêmica científica desde o ensino médio, é um esforço de valorização de todos os polos regionais do Maranhão”, completou o Governador.

O evento acontece simultaneamente à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de outras cidades brasileiras. A iniciativa contribui para a popularização da ciência, além de valorizar e incentivar os estudiosos de todas as regiões do estado.

“Nós estamos trazendo a semana para Timon, uma vez que nossos mestres e doutores estão concentrados na capital e isso não é algo adequado para o desenvolvimento de nossa ciência. É por isso mesmo é que nós queremos provocar, mas não só isso, nós queremos mobilizar os nossos pesquisadores de alta performance no interior do Estado a continuar fazendo ciência, promovendo tecnologia e melhor qualidade de vida para nosso povo”, afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Informação, Davi Telles.

Para o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, o evento é motivo de orgulho. “Só temos a agradecer ao governador Flávio Dino por ter dado a chance de Timon sediar um evento tão importante.  É muito importante ver que tudo aqui se transforma em conhecimento, em oportunidades que vão perdurar por muitos e muitos anos”, disse o prefeito.

A expectativa de público para os quatro dias de evento é de mais de 10 mil pessoas por dia.

Premiação

A abertura também contou com a premiação de pesquisadores, estudantes e instituições que desenvolvem estudos para o avanço do conhecimento no Maranhão.

Entre os premiados, o mestre em Matemática pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e professor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA),Daniel Santos de Carvalho, recebeu o Prêmio Elon Lages Lima para a Matemática por se destacar no uso de técnicas pedagógicas de estimulo ao aprendizado. O trabalho foi  focado na participação de alunos em eventos como a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), além do trabalho desenvolvido na Coordenação Regional da OBMEP Maranhão.

“É com grande alegria que recebo esse prêmio porque ele mostra que estamos colhendo os resultados dos esforços em incentivar a melhor participação dos alunos maranhenses na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas”, disse o professor.
Também foram entregues os prêmios de igualdade de gênero na categoria Mestra e Estudante de Doutorado a Grace Kelly Sobral Souza dos Santos, pelo trabalho Mulheres Negras e Relações de Gênero – Narrativas de construção da identidade de mulheres negras participantes do Bloco Afro Akombu do Centro de Cultura Negra do Maranhão; Hellen José Daiane Alves Reis, na  categoria graduada, Especialista e Estudante de Mestrado pela Representação sobre mulheres negras em Livros didáticos de ciências do Ensino Fundamental; na categoria Estudante de Graduação, Mariana Gomes Lúcio de Araújo, pelo projeto Design E o Discurso De Gênero – A Representação do Feminismo Pela Perspectiva de Graduandos do Cursos de Engenharia da UFMA; na categoria Jovem Pesquisadora no Ensino Médio, quem recebeu o prêmio foi Helena Gabriele Mendes Cruz, pela estudo Igualdade de Gênero: rompendo determinismos para alcançar a mudança;  já Maria Mary Ferreira foi premiada na categoria Liderança Feminina com Mary Ferreira: trajetória de luta pela cidadania das mulheres maranhenses.

Também receberam o prêmio Mais IDH para a Ciência, Tecnologia e Inovação a professora doutora Maria Regina Martins Cabral e a estudante de ensino superior Aline Moreno Ferreira.

A Semana

Indo até o dia 28 de outubro, sábado, na Cidade da Ciência, o evento tem exposições, oficinas, minicursos, palestras, lançamentos de livros, além de um auditório com capacidade para mais de trezentas pessoas e espaços para crianças com jogos educativos e o robozão, novidade nesta edição que promete mexer com a curiosidade de crianças e jovens, sempre das 9h às 20h.

A programação completa da Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão pode ser acessada em www.semana.secti.ma.gov.br.

Contatos

contatos

Localização

localização

Click to open larger map

Av. dos Holandeses, 1803 - São Marcos
São Luís - MA